Gallery of photos taken by the participants

Testimonials

  • Bernardo Morais – Belo Horizonte, MG

    Percorri o Circuito sozinho, em novembro/2014 e me surpreendi com a beleza das paisagens, a exuberância da natureza e a hospitalidade do povo. Passeio maravilhoso! No fim, um bônus: fui pedalando de Timbó a Navegantes, pela BR-470.

  • Paulo Cesar Veiga – Arapongas, PR

    Lugar maravilhoso impar,pedalei todo o circuito,rezei muito,ri muito e quero voltar em breve.E fiz muitas amizades o povo é muito hospitaleiro.

  • Dorgivan Santos – Mossoró – RN

    Realizei esse circuito do dia 13/11 a 18/11, foi um sonho.ainda não acredito que eu,conseguir, em principio tive receio, pois não sou muito bom de subidas e subidas é o que mais se encontra no circuito, foi sozinho, sai da minha zona de conforto e fui, sempre a procura de uma sonho, o homem,morre quando não realiza seus sonhos, eu realizei o meu.En princípio comecei o pedal, solitário de Timbó a Pomerode, O segundo dia tive a compahia de meu amigo Eleonésio um alemão que mora em Blumenau, e fizemos o circuito de Indaial a rodeio.paisagem fantásticas, rios, cachoeiras, e muito verde, eu que venho do nordeste, nunca tinha visto uma região com tantas cachoeiras, ficava abestalhado com tanta belezas naturais.Tive um problema de ter perdido meu celular com todas as fotos tiradas do circuito de Pomerode a rodeio, mais nada que tira-se o brilho e o prazer de estar ali.Confesso, que se o paraíso existir, você só pode encontra-lo! , No vale europeu, em Santa Catarina.

  • Wilson Willian Louro – Jundiaí

    Quero dar os parabéns, para os idealizadores desse circuito, fizemos na primeira semana de setembro, e apesar de estar um pouco frio, foi um passeio maravilhoso. Deslumbramos lugares lindos, tranquilos e serenos, pessoas hospitaleiras em todo o circuito, nos contando um pouco da vida da região. Mas também gostaria de relatar algo, que na minha opinião, seria muito útil. Em algumas ocasiões, ficávamos um bom tempo sem ver a seta amarela, e em algumas encruzilhadas não tinha, onde ficávamos com dúvida, como tínhamos gps ficava íamos para a direção correta, mas quem não tem, poderá se perder. Minha sugestão, é que coloquem mais setas amarelas, e algumas placas dentro da cidade, pois para encontrar os hotéis também era difícil. E a pousada do Raulino Duwe precisa de uma placa para indicar onde fica, e sem dúvida nenhuma foi a melhor pousada em que paramos. Mas mesmo assim, o circuito Vale Europeu é mágico.

  • MOISES CARLOS TOZZE – PRESIDENTE PRUDENTE, SP

    Infelizmente não tive tempo para fazer a circuito no período recomendado de sete dias e tive que fazê-lo em três dias. Mesmo assim fiquei fascinado com a beleza da região.

    Pedalei com apenas cinco quilos, sendo três litros de água e 2 kg de equipamento fotográficos, aliás aproveitei muito para conciliar o pedal com meu outro hobby, a fotografia.

    Outro desafio foi fazer a rota sozinho, o que só foi possível com a ajuda na minha esposa, que me apoiou aguardando em pontos estratégicos e apoiando com o carro em alguns trechos.

    Fui muito bem atendido nas pousadas e restaurantes.

    Pretendo voltar, só que da próxima vez em grupo.

  • Fabiano – União da Vitória, PR

    Gostaria de parabenizar a todos pela organização do roteiro. Os informativos são muito bem elaborados e dão um enorme subsídio para quem está afim de encarar a aventura.

send
your TESTEMONIAL!



Circuit European Valley of Santa Catarina / Santa Catarina - Brasil - © 2013-2016 All rights reserved - Development: JF Sites